segunda-feira, 28 de setembro de 2015

Escolha o tipo certo de franja de acordo com seu formato de rosto

Elas podem garantir volume, afinar o rosto ou até dar movimento aos fios.


Cortar a franja é uma ótima opção para quem quer dar uma melhorada no visual sem passar por uma transformação drástica. Ela pode emoldurar o rosto, esconder partes indesejadas, disfarçar ou salientar o formato do rosto, dar mais movimento e leveza ao cabelo e até interferir na expressão. Por outro lado, uma franja não adequada é capaz de estragar o visual inteiro.
A cabeleireira do salão Go Hair, em São Paulo, Rute dos Santos ensina quais são os cortes de franja mais indicados para cada formato de rosto e tipo de cabelo.
Rosto redondo – franja mais longa nas laterais, para afinar a face, e desfiada nas pontas, para dar movimento.
Rosto quadrado – franja dividida no meio ou na lateral (jogada para o lado), na altura do olho ou nariz. Não deve ser usada na altura da boca para baixo, para não deixar a face ainda mais quadrada.
Rosto fino e comprido – franja na altura dos olhos ou até na altura das sobrancelhas. Para criar volume, deve ser mais espessa.
Testa grande – o ideal é a franja na altura dos olhos, jogada para frente e levemente desfiada nas pontas, para esconder a testa.
Cabelo ondulado – a franja pode combinar com o estilo do cabelo e ter uma leve ondulação, mas, neste caso, deve ser longa e jogada para o lado.
Cabelo encaracolado – franja enroladinha não fica legal. O ideal é sempre usar escova e secador para modelar. Também não deve ser jogada pra frente, mas sim camuflada no cabelo, dando uma ideia de forma.
Cabelo curto – os cortes mais conservadores não ficam muito bem com a franja demarcada. É legal quando ela se mistura com o cabelo, apenas destacando o rosto. Já as mais ousadas podem usar a franja longa e desfiada, bem estilosa.
Cabelo comprido em camadas – é legal usar a franja também em camadas, como uma continuação do resto do cabelo, dando movimento. Inicie as camadas na altura do nariz e termine na altura do ombro.
Cabelo comprido reto – franja desfiada, um pouco mais longa e jogada para o lado. Não deve ser “retona” como o cabelo.
Outras dicas:
-    A franja, quando é muito pesada, tende a esquentar a testa e provocar suor. Isso aumenta a oleosidade e a tendência ao surgimento de acne. Prefira franjas mais leves e desfiadas.
-    Uma dica para quem tem o cabelo muito fino é criar volume na parte frontal. Isso pode ser feito simplesmente cortando uma porção maior do cabelo, tornando a franja mais espessa.
-    A manutenção do corte da franja deve ser mais frequente do que o resto do cabelo. As curtinhas, que ficam na altura das sobrancelhas ou dos olhos, devem ser aparadas a cada mês. Já as mais longas podem ser refeitas de dois em dois meses.
-    Fazer escova progressiva só na franja é uma boa ideia para quem tem o cabelo enrolado e quer evitar o trabalho de modelá-la todos os dias.
Fonte: Marianna Feiteiro

sexta-feira, 25 de setembro de 2015

13 alimentos para seu cabelo começar a crescer MARAVILHOSO


Sabe aquela frase “você é o que você come"? Bem, você pode dizer o mesmo sobre o seu cabelo. "Seu cabelo reflete muito sua saúde geral, e seu estado geral de saúde é influenciado por sua nutrição", diz Elizabeth Cunnane Phillips, especialista em tricologia (estudo do cabelo e do couro cabeludo) de Nova Iorque.

Alimentos para cabelo crescer

1. Salmão

Quando se trata da saúde das fibras do cabelo, proteína é fundamental. E salmão tem um monte, além de ácidos graxos ômega-3 e vitamina D, que ajudam na saúde do couro cabeludo.

2. Sardinhas

Sardinhas têm os mesmos benefícios do salmão.

3. Truta

Quer variar entre salmão e sardinha? Truta é uma alternativa para colher benefícios semelhantes.

4. Frango

Além de proteína, as aves contêm zinco, ferro e vitamina B12, tudo para ajudá-la tanto no crescimento do cabelo, quanto para evitar queda excessiva.

5. Lentilha

Excelente fonte de proteína, além de ferro e zinco. Por isso, é uma opção saudável para vegetarianos.

6. Ovo

Ovos, claro, têm proteína. Mas também têm muitos minerais importantes, incluindo ferro. Uma dieta deficiente em ferro é grande contribuinte para a queda de cabelo.


7. Batata doce

O vegetal é repleto de betacaroteno, que o corpo converte em vitamina A. Essa vitamina promove a saúde do cabelo a nível celular.

8. Cenoura

Outra grande fonte de betacaroteno.

9. Damasco

Uma deliciosa sobremesa recheada de betacaroteno.

10. Mirtilo

Os vasos sanguíneos que fornecem nutrientes para o folículo se beneficiam da vitamina C do mirtilo.

11. Espinafre

Apelidado de superalimento, é uma boa fonte de ferro, betacaroteno, vitamina C e ácido fólico. Todos esses nutrientes promovem a saúde do folículo piloso e do couro cabeludo.

12. Couve

Troque espinafre por couve quando quiser algo novo, que ofereça benefícios semelhantes.

13. Brócolis

O mesmo caso de substituição adequada da couve ou espinafre.
Fonte: Jaqueline Rodrigues



quinta-feira, 24 de setembro de 2015

Descubra o que está causando sua acne pela área onde aparece e como tratá-la


Em uma pesquisa recente revelada pela Women’s Health, 56% das leitoras de conteúdo feminino de saúde admitiram sempre ter uma espinha ou duas de vez em quando. A revista descobriu cinco dos gatilhos mais surpreendentes, mapeando precisamente onde eles se escondem em seu rosto e como remediá-los rapidamente. Então, se você tem acne e espinhas, perceba onde elas se concentram.
Causas da acne no rostoAcne cística no queixo e maxilar
Possível causa 1: Estresse
Ele estimula hormônios andrógenos, que mexem com as glândulas de óleo, causando acne hormonal em seu queixo. E não estamos ajudando a nós mesmas: “mulheres estressadas quando estão tensas, muitas vezes, não conseguem conter o hábito de espremer espinhas", diz a dermatologista e psiquiatra Amy Wechsler.
Solução: Para aliviar o estresse, inspire lentamente pelo nariz e expire pela boca. Se concentrar na respiração reduz a ansiedade e a frequência cardíaca.
Possível causa 2: Dieta
Especialmente, se você também tem erupções vermelhas que coçam. Açúcar e carboidratos refinados são aliados no crime, que visam diretamente o seu queixo. Se você tem erupções vermelhas e coceira, o culpado na culinária, provavelmente, seja a levedura. É uma condição chamada acne rosácea que pode estar relacionado a uma reação à leveduras nos folículos pilosos, diz Dennis Gross, dermatologista.
Solução: Gatilhos alimentares podem ser difíceis de isolar, por isso os dermatologistas sugerem você corte uma suspeita de alimento que você come regularmente de cada vez (como iogurte, massa, shakes de proteína com soro de leite, ou pão branco), para ver se há qualquer alívio dentro de uma a três semanas.


Acne ao longo de sua zona T

Possível causa 1: Poluição
Partículas de fuligem e outros líquidos em suspensão no ar penetram na pele, obstruindo os poros e provocando espinhas vermelhas. E mais: gases nocivos podem causar uma reação química com óleos naturais da sua pele, alterando a sua consistência, formando uma cera que são uma das causas das espinhas brancas.
Solução: Invista em produtos para limpeza da pele, como tônicos adstringentes e esfoliantes, além do sabonete facial usado diariamente. Tratamentos de limpeza de pele mais profunda, feitos profissionalmente e com mais abrasão, são indicados a cada 6 meses, pelo menos.
Possível causa 2: Clima
As variações de combinação da temperatura do ar com a umidade, podem causar ressecamentos e descamação sobre as paredes dos poros. Toda vez que a mudança climática é muito drástica, causando suor excessivo ou pele excessivamente seca, você pode sofrer com pequenas espinhas.
Solução: Se a umidade é o seu gatilho, use um hidratante livre de óleo. Para dias de clima seco, opte por um produto mais cremoso.

Acne na testa e ao redor da linha do cabelo

Causa provável: Exercícios
Um inimigo sorrateiro, no caso dos atletas, é limpar sua testa com as mãos ou uma toalha. Quando sujas podem transferir bactérias para o seu rosto, no entanto, até mesmo o atrito de uma toalha limpa pode causar inflamação.

Solução: Troque suas roupas de ginástica e use o chuveiro imediatamente após um treino. Isso significa lavar o rosto com sabonete específico. E tente não exagerar na maquiagem de todo dia para ir ao trabalho. Opte por versões não oleosas.


Fonte: Camila Silva



quarta-feira, 23 de setembro de 2015

7 erros imperdoáveis que você está cometendo ao escovar seu cabelo


Sempre que somos confrontadas com um problema nos cabelos, seja de volume, frizz, oleosidade ou pontas duplas, tendemos a mudar imediatamente nossos xampus, produtos de styling, e até mesmo a maneira que usamos a temperatura para endireitar o nosso cabelo. Mas o verdadeiro truque pode estar na forma como você escova suas madeixas.

Embora escovar os cabelos seja tão natural como lavar as mãos ou servir uma xícara de café, não é tão simples quanto você acredita. Descubra o que você está fazendo de errado e ajuste sua técnica para um cabelo mais saudável:

1. Escovar da raiz até a ponta

Começar a escovação a partir da raiz até a ponta, puxa o fio de cabelo para fora do folículo, desencaixando-o. Em vez disso, comece a pentear alguns centímetros acima do couro cabeludo, tirando os emaranhados, e vá escovando até a raiz em seções pequenas.

2. Escovar quando molhado

As fibras do cabelo ficam cheias de umidade, o que as faz esticar. Porque agora os fios estão mais fracos, a quebra é muito mais fácil. Permita que seu cabelo seque ao ar livre antes de desembaraçar.

3. Desembaraçar com uma escova

A escova é muito dura para desembaraçar, seu cabelo seco ou molhado. Você deve usar um pente de dentes largos, mas primeiro aplique um produto desembaraçante. Use um spray para cabelos finos, uma loção para fios médios ou um creme para cabelos grossos. O cabelo vai ficar escorregadio e, em seguida, o pente vai passar mais facilmente.

4. Escovar muito

Em todos os filmes antigos ou programas de TV, você deve lembrar de ter visto mulheres que se sentavam na frente do espelho contando até chegar a 100 penteadas. No entanto, saiba que durante a escovação pode realmente acontecer mais quebra. Para evitar, concentre-se na qualidade da escovação, não no número de estímulos vasculares cerebrais. Elimine os nós e pronto.

5. Usar uma escova errada

Também pode ser que seu problema esteja no equipamento que você está usando. Escovas de cerdas naturais são muito mais suaves no cabelo do que as escovas feitas com cerdas sintéticas, e elas são melhores na distribuição de óleos naturais do seu cabelo através do comprimento e das pontas dos fios.


6. Usar pentes e escovas sujos

Assim como você deve lavar seus pincéis de maquiagem, você também pode lavar sua escova de cabelo uma vez por semana. Além de as cerdas ficarem saturadas de cabelos, podem acumular o resíduos de produtos. Basta pensar quando usa a escova no cabelo recém limpo, que na verdade estará aplicando resíduos do produto do dia anterior.

7. Causar estática com sua escova

Escovar muito frequentemente, também pode causar efeito estático com o atrito. Antes de escovar, dê uma esborrifada de spray para cabelo na escova para controlar a energia acumulada. Você também pode esfregar algumas gotas de sérum entre os dedos e espalhar no comprimento do cabelo antes de escovar.

Fonte: Camila Silva

terça-feira, 22 de setembro de 2015

Como usar água de coco no cabelo como as famosas e qual o resultado disso


Rica em vitamina C e sais minerais, a água de como é conhecida por sua grande capacidade antioxidante, por ajudar no controle da pressão arterial, ser diurética, hidratante natural e excelente para regular a atividade neuromuscular. Além de seus inúmeros benefícios para a saúde, a água de coco ainda pode ser uma excelente aliada na hora de cuidar dos cabelos.
O truque caseiro de tratar os cabelos com água de coco não é novo e conquista famosas como Carolina Dieckmann e Isabelle Drummond, por exemplo. A bebida que refresca nos dias mais quentes pode ganhar utilidade extra quando se está na praia. A modelo e atriz Yasmin Brunet aplica água de coco diretamente nos fios para evitar os efeitos nocivos da água do mar e da maresia, que deixam os cabelos sem vida, balanço e brilho.
De acordo com a cosmetóloga Lucienne Souza, do Spa da Pele, a água de coco produz muitos benefícios quando aplicada pura sobre os fios. O coco contém muitas vitaminas, além do óleo natural, e o truque caseiro promove uma super-hidratação, reduz o volume e traz mais flexibilidade aos fios. Os cabelos quimicamente tratados são os maiores beneficiados, afirma a especialista. “As propriedades da fruta são capazes de regenerar os fios e promover uma hidratação profunda”.
Máscara Caseira para Cabelos com Água de Coco
Outra boa opção para cuidar dos cabelos com água de coco é apostar em máscaras que levam o componente na formulação. É possível fazer um produto caseiro para cuidar dos fios sem precisar adicionar nenhum componente químico. Retire a água de um coco verde (não pode ser industrializado) e coloque em uma garrafa PET. Deixe na geladeira por três dias. Neste período, o líquido se transformará em um gel. Aplique no comprimento do fio, poupando a raiz, e deixe agir por 10 minutos. Enxague e lave normalmente na sequência.
Fonte: Paulo Nobuo

segunda-feira, 21 de setembro de 2015

3 DICAS PARA AMENIZAR E DISFARÇAR A CELULITE


Drenar os indesejáveis furinhos causados pela celulite ainda é a forma mais eficiente para deixar a sua pele lisinha e mais firme. Em curto ou longo prazo, esta é a melhor maneira de combater a arqui inimiga das suas pernas e bumbum, no entanto, apesar de parecer impossível existem formas de amenizar a celulite e acabar de vez com o efeito casca de laranja.

Para quem não sabe porque os buraquinhos aparecem, de acordo com a dermatologista Samya Diegues Cedrim, a celulite é uma irregularidade na pele provocada por um processo inflamatório nas células adiposas cuja causa é hormonal, por isso 90% dos casos é verificado em mulheres. "Contra a celulite a melhor forma de prevenção e tratamento é a dieta e o exercício físico, pois O consumo frequente de alimentos com alto teor de gordura, açúcar, fritura e carboidrato pode elevar o peso e, aí sim, levar ao surgimento de celulites", explica.
Veja abaixo três maneiras simples de amenizar os estragos e disfarçar os furinhos causados pela celulite:
Água, inimigo mortal das celulites - poderoso antidoto contra os furinhos a água funciona como um dreno natural que libera o excesso de sal do organismo. De acordo com o dermatologista e autor do livro ‘A Solução para a Celulite’, Howard Murad, a água é a forma mais potente de diminuir os furinhos, por isso, ingerir alimentos ricos em água é o melhor caminho. 
No topo da lista do médico está a melancia, com 90% de sua composição de água e com apenas 46 calorias em uma xícara da fruta. Ou seja, você pode devorá-la sem culpa alguma. 
No entanto, o médico também ressalta a importância de combater os radicais livres para manter a pele saudável e sugere que ameixas e mangas não fiquem fora do cardápio, uma vez que são ricas em vitaminas A e C, antioxidantes capazes de retardar o envelhecimento cutâneo e garantir a pele firme por mais tempo.
Cremes à base de cafeína - já falamos por aqui do poder desse ativo, mas sempre é bom lembrar do poder da cafeína age sobre o sistema muscular, queimando as gorduras e toxinas do organismo, eliminando a água retida pelo corpo. 
Por isso, aposte nos cremes que possuam a cafeína em sua composição. Associe o uso do creme com massagem ou drenagem linfática para obter resultados ainda melhores.
Pele bronzeada aparenta ter menos celulite - já reparou que quando você está bronzeada a sua celulite aparece bem menos do que quando está com a pele mais clarinha? 
Pois é, se você ainda não notou, repare que quando olhamos no espelho com pouca luz no ambiente os objetos parecem ser menores do que realmente são, então, o mesmo acontece quando a sua pele está queimada do sol. 
Você não precisa fritar no sol, basta pegar uma leve ‘corzinha’. Agora, se você não gosta de sol, aposte nas maquiagens corporais.
Fonte: Paula Perdiz

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Apertar cravos e espinhas causa cicatrizes? Veja mitos e verdades sobre a pele


Tomar sol envelhece? Espremer espinhas e cravos deixa cicatriz? Veja a resposta para essas e outras questões sobre a pele comentadas pela dermatologista Dra. Christiana Blattner, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia.
- Tomar sol envelhece?
Sim. A médica explica que o sol é um importante fator de aceleração do envelhecimento da pele, pois destrói as fibras de colágeno, que dão sustentação à pele. “O sol é uma radiação. Ao atingir as camadas mais profundas da pele, os raios ultravioletas podem alterar o DNA das células da pele, provocando o envelhecimento precoce, lesões e até mesmo o câncer de pele. Mas isso não ocorre de uma hora para outra: o nosso corpo vai acumulando esses efeitos nocivos do sol, por isso é tão benéfico iniciar a proteção já na infância”, aconselha.
- É verdade que alguns alimentos ajudam no bronzeado?
Sim. Segundo Dra. Christiana, os alimentos que contêm betacarotenos, como cenoura, mamão e abóbora, deixam seus pigmentos impregnados na pele e, ao mesmo tempo em que auxiliam na proteção dos raios solares, agindo como barreira, também promovem o escurecimento da pele.
- Não dormir direito causa olheira?
Sim. “O cansaço e o fato de não dormir direito congestionam os vasos sanguíneos ao redor dos olhos. O aumento de pressão desses vasos torna a pele mais avermelhada e, com a transparência da pele, os vasos ficam mais aparentes. Consequentemente, surgem as olheiras”, explica a especialista.
- Apertar cravos e espinhas causa cicatrizes?
Sim, mas essa não é a única causa. Segundo a Dra. Christiana, quem tem tendência a ter cicatrizes de acne poderá apresentá-las independente de espremer ou não a pele. “O perigo de apertar cravos e espinhas com as mãos é justamente ferir a pele e causar cicatrizes pelo atrito exagerado. Melhor do que espremer as espinhas é usar produtos secativos.” Ainda de acordo com ela, as cicatrizes acneicas podem ser tratadas através de lasers ablativos, peeling cirúrgico, preechimentos, microenxertos e subcisão.
- Remover tatuagens deixa mancha na pele?
Não. Segundo a médica, existem aparelhos a laser com tecnologia específica para a remoção de tatuagens. Eles “quebram” os pigmentos em partículas minúsculas, permitindo que o organismo os elimine.
- Quais são os riscos da tatuagem?
1 – Infecções durante a realização. “A tatuagem faz com que uma barreira da pele seja retirada e deixa uma ferida aberta, o que propicia a entrada de microorganismos”, explica;
2 – Perda da cor;
3 – Migração do pigmento, o que é mais perigoso em regiões próximas às pálpebras;
4 – Alergia ao pigmento. “Os pigmentos vermelhos, por conterem mercúrio, podem ser rejeitados pelo organismo, levando a uma intensa destruição da tatuagem. A meu ver, esse é o maior risco, uma vez que o laser não vai conseguir remover esse pigmento, que pode ser disseminado no organismo. A conduta, neste caso, é a remoção cirúrgica da região afetada”, alerta Dra. Christiana.
Fonte: Marianna Feiteiro

quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Queda de cabelos: sete cuidados para evitar


Difícil encontrar quem não sofra ou já tenha sofrido com a queda de cabelo. No momento de lavar ou pentear, é normal que isso aconteça. Em média, cada pessoa perde cerca de 100 fios por dia. Mas quando essa quantidade aumenta, é preciso buscar ajuda, pois pode haver algum problema.

De acordo com a dermatologista Carolina Marçon, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia, existem várias causas da queda de cabelos. Algumas são apenas temporárias e sazonais, não precisando de muitas preocupações.

Outras podem estar relacionadas a alterações orgânicas e/ou fisiológicas, como alimentação inadequada, anemia, febre, gravidez e pós-parto, alterações hormonais, doenças metabólicas, inflamatórias e infecciosas e estresse emocional. Ou, ainda, pode ser decorrente de causas genéticas. “O cabelo tem um ciclo de vida continuado e passa por fases de crescimento e de repouso.

Cada fio vive uma etapa específica, que se distribui em 85% no período de crescimento e 15% no período de repouso. Isso significa que tem sempre mais cabelo crescendo do que caindo. Em caso de doenças, eles podem cair ou afinar e, quando há tinturas, podem ressecar.

Mas é preciso prestar atenção quando houver um aumento significativo da quantidade de fios que caem. Quem tem familiares com calvície é possível que também sofra ou venha a sofrer deste problema. O ideal é procurar um dermatologista para que o mesmo avalie, identifique e trate adequadamente”, afirma.

Dicas para prevenir a queda de cabelos:

- Alimente-se adequadamente com uma quantidade suficiente de proteínas, ácidos graxos, vitaminas, minerais e água;

- Evite medicamentos e suplementos sem indicação médica, pois muitos desses produtos podem desencadear ou agravar a queda de cabelo;

- Use regularmente shampoos e demais produtos para tratamento capilar adequados ao seu tipo de cabelo;

- Suplementos nutricionais bem indicados podem ser bons aliados na prevenção e reversão do problema;

- Tente levar uma vida mais tranquila, mantendo sempre o equilíbrio. Praticar atividades físicas regularmente pode ajudar;

- Evite usar água muito quente, opte por lavar o cabelo com água morna ou fria, isso garantirá vitalidade e brilho aos fios, além de evitar a queda;

- Mantenha o couro cabeludo sempre limpo, afastando a oleosidade que dificulta sua oxigenação, enfraquecendo os fios e estimulando a queda.

Fonte: Bolsa de Mulher

quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Dicas infalíveis para nunca mais tirar cutículas e ter unhas lindas


Remover as cutículas é uma atitude comum das mulheres, entretanto o hábito pode ser muito prejudicial à saúde. Além de abrir uma porta para a entrada de micro-organismos, a pressão do alicate ainda pode ferir a base da unha. Confira algumas dicas para extinguir o costume:

Como parar de tirar as cutículas?

Comece aos poucos

Exatamente por ser uma rotina de anos, parar de um dia para o outro pode não funcionar. Prefira diminuir a frequência da remoção das cutículas, gradualmente, a fim de se acostumar e demonstrar ao organismo que não é preciso produzir a mesma quantidade de pele, já que as agressões estão diminuindo.

Use uma escovinha

Uma escovinha de limpar as unhas pode ser uma grande aliada: use para esfoliar as cutículas e remover pelinhas residuais. Isso facilitará o processo.


Remova os excessos

Use um palito chanfrado para empurrar e remover o excesso de peles também. No começo, é possível ainda contar com a ajuda do alicate, mas tente evitar.

Capriche da hidratação

A hidratação é o segredo para uma missão de sucesso. Com as cutículas hidratadas, a aparência não incomodará e a esmaltação será muito mais simples. Com o tempo, naturalmente elas diminuirão até chegar à espessura de uma fina faixa entre o dedo e a unha.
Fonte: Mulher


terça-feira, 15 de setembro de 2015

CHAPINHA: 3 ERROS QUE ESTÃO DETONANDO SEUS CABELOS


chapinha é de longe, a ferramenta mais utilizada na hora de modelar os cabelos da mulherada. Modernos, práticos e com designers cada vez mais sofisticados, estes aparelhinhos prometem além dos fios escorridos e sem frizz, deixar as madeixas mais macias e brilhantes.

Mas, para que as promessas realmente sejam cumpridas e não tragam arrependimentos, é preciso tomar alguns cuidados e garantir que o cabelo não fique detonado depois de certo tempo de uso.
Por essa razão, o hairstylist do salão Monde K, Wagner Nascimento, listou os errinhos mais comuns cometidos por quem usa a famosa chapinha.


Usar chapinha com cabelo úmido
“Esse um erro gravíssimo”, diz. Ele explica que ao usar a prancha em um cabelo úmido é o mesmo que fritar os fios. “Ao passar o aparelho térmico num cabelo úmido, a água que está dentro do fio é aquecida. Muitas vezes pode até se ouvir o barulho da água sendo esquentada. Por isso, é importantíssimo secar completamente antes de começar a fazer a chapinha”, afirma Wagner.
Pular o protetor térmico
Como todos sabem, trata-se de um aparelho térmico e como tal precisa do uso de um protetor. Muitas pessoas esquecem-se da importância que é proteger o fio do calor direto entre a ferramenta e cabelo. Wagner explica que existem dois tipos de calor, o indireto que é o vento do secador aquecido e o direto, que é o da prancha e modeladores. Por isso, para quem não abre mão desses aparelhos, é necessário investir na compra desses protetores térmicos.
Usar o aparelho com frequência ou diariamente sem ter o cuidado de tratar desse cabelo que recebe o calor direto também está entre os erros mais cometidos. Com o uso do aparelho, os fios ficam com uma textura lisa e muitas vezes com brilho e com isso as pessoas acabam esquecendo-se de repor os nutrientes essenciais para esses fios. Isso causa um enfraquecimento do cabelo e torna-o quebradiço.
Usar xampus anti-resíduos
“Quantas vezes vimos cabelos extremamente lisos, mas com um aspecto oleoso? Isso é normal, pois muitas vezes as pessoas fazem uso da prancha sem purificar os fios e isso causa excesso de impureza no cabelo, dando uma aparência de cabelo pesado e oleoso”, completa o profissional do Monde K Spa Urbano.
Fonte: Thamirys Teixeira


segunda-feira, 14 de setembro de 2015

Remover Células Mortas

Não basta acompanhar as tendências da moda, estar com o guarda roupa em dia, é preciso também estar de olho na saúde de sua pele, algo que todos deveriam se preocupar mas acabam não se cuidando são as células mortas, que precisam ser removidas com frequência para deixar a sua pele saudável.

Quando fazemos uma esfoliação removemos toda as impurezas e as células mortas, a mesma pode ser feita através de tratamentos estéticos em clinicas e também com receitas caseiras que você pode fazer em casa.

Esfoliação caseira

Para fazer a esfoliação você precisa de um recipiente descartável, e dos seguintes ingredientes;

Ingredientes

2 colheres de sopa de sal marinho;
6 gotas de óleo essência de lavanda;
5 colheres de óleo vegetal.

Modo de Preparo

Para preparar você precisa separar um recipiente que não seja utilizado na cozinha, colocar todos os ingredientes e mexer até que forme uma pasta.

É indicado que você faça essa esfoliação uma vez por semana, para utilizar é fácil você precisa esfoliar todo o corpo, enxague em água corrente e passe hidratante. Além de fazer esfoliação você precisa tomar alguns cuidados com a sua pele como passar protetor solar diariamente, evitar exposição aos raios solares em horários fortes.

Caso essa esfoliação provoque vermelhidão ou alergia suspenda o uso imediatamente e procure  um dermatologista que possa lhe indicar o melhor tratamento para suspenda a irritação da pele, e também para que o mesmo lhe indique o melhor tratamento para remoção das células mortas.

Fonte: Nicole

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Frizz causado nos cabelos pela chuva tem solução simples


Qualquer alteração climática interfere na textura de qualquer cabelo e, no caso da chuva, eles tendem a ficar mais arrepiados, mesmo que não molhem diretamente. Para o hairstylist Wilson Eliodorio, a melhor solução, principalmente nesta época de alta umidade, é tratar os fios sempre com produtos ricos em agentes catiônicos, que depositam uma camada de silicone na superfície dos fios, repelindo a umidade.

Ele explica que o volume e a textura dos cabelos se mantêm em ambientes secos, portanto a umidade causa ondulação e frizz tanto nos cabelos crespos como nos lisos, até mesmo os naturais.

“A minha dica nestes casos é não lutar contra, até porque não podemos controlar o clima. Já que a tendência agora é usar cabelos com mais textura e movimento natural, aproveite o momento e assuma o cabelo como ele é, use com mais ondas e movimento, bonito é estar a vontade. A era da chapinha passou”, diz Ricardo Cassolari.

Para quem prefere uma solução mais prática, prender é sempre uma alternativa. “O rabo de cavalo e o coque banana, aquele com o lápis, são sempre soluções rápidas e elegantes”, recomenda Wilson.

Uma boa dica é sempre ter na bolsa alguns produtos, como sprays para pentear, presilhas e acessórios. Assim, num momento de emergência, você pode retocar a textura dos fios e controlar o volume.

Fonte: Mariana Bueno

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Dormir de coque deixa o cabelo ondulado e faz crescer? Descubra se truque funciona


Para não perder minutinhos preciosos de manhã, algumas mulheres optam por dormir com penteados nos cabelos para acordar com as madeixas perfeitas e bem arrumadas. E um dos truques mais indicados na internet para ter ondas perfeitas é dormir de coque. Mas será que essa técnica funciona e faz bem para os fios?

Dormir de coque deixa o cabelo ondulado?



Para quem tem cabelo liso ou levemente ondulado este truque é uma boa opção, pois dá mais movimento e deixa as curvas bonitas e naturais. Mas para quem tem cabelos cacheados e crespos este penteado pode não ter um efeito positivo, pois o coque pode desmanchar as ondas naturais dos fios.

Como fazer 

Dormir de coque estraga o cabelo se o penteado estiver muito apertado. “Quando o cabelo está muito puxado pode fazer o cabelo quebrar desde o couro cabeludo”, explica a dermatologista Valéria Campos. Para evitar que isto aconteça, faça o penteado tradicional com os fios secos, deixando frouxo, pois quando apertado pode aumentar a queda de cabelo.

Faz o cabelo crescer? 

A pressão do coque, puxando a raiz do cabelo, não faz o cabelo crescer. Segundo a médica, a velocidade do crescimento é determinada pelo couro cabeludo, e o que faz isso acontecer é a quantidade de sangue que chega à região. Ela explica também que manter uma alimentação balanceada, sem açúcar e rica em peixes, pode contribuir para o crescimento. 

Dormir de coque faz mal ao cabelo?

Assim como dormir de trança, esta técnica não deve ser utilizada todos os dias, pois pode acabar com a saúde e o aspecto do seu cabelo.  Mas se for feita da maneira correta, o penteado pode ser uma boa opção para acordar com as madeixas prontas e incríveis algumas vezes na semana.
Coque apertado pode provocar alopecia de tração, queda de cabelo quando o cabelo ta muito puxado. Fazer coque frouxo. A puxada final aumenta a queda do cabelo, principalmente na beirada do couro.
Fonte: Marcella Brito